L O A D I N G
blog banner
Transformando cicatrizes em arte

Transformando cicatrizes em arte

Nos últimos anos, tem havido bastante abertura na área da tatuagem, na qual os artistas se sentem livres para explorar e evoluir técnicas e procedimentos, permitindo que o tema das cicatrizes seja cada vez mais discutido.

Embora certos artistas recusem tatuar pele cicatrizada devido à dificuldade e à imprevisibilidade do resultado, tem-se verificado um aumento de artistas que não só realizam, mas também que se especializam nessa área.

Jo Harrisson, uma tatuadora da cidade de Shrewsbury, Inglaterra, dedica-se essencialmente em realizar cover-ups de cicatrizes e ao trabalho de cor em áreas extensas. Em uma entrevista para o Insider, ela diz que tatuar cicatrizes é uma situação na qual o tatuador deve ter sensibilidade e técnica: “Algumas cicatrizes têm a pele bastante delicada, portanto(…) deve ser trabalhada com gentileza. Outras têm uma textura bastante dura ou irregular, portanto não só devemos ter sensibilidade quanto à forma como se tatua, mas também quanto àquilo que se coloca sobre elas”.

Há diversos tipos de cicatriz, assim como várias formas de lidar com a existência das mesmas. Jo já realizou trabalhos artísticos em cicatrizes de auto-mutilação, membros amputados e cover-ups de mastectomias. Ela considera que a tatuagem simboliza uma confirmação da resistência das pessoas que a procuram.

Embora o tecido de uma cicatriz raramente apresente a mesma cor, textura e porosidade que o resto da pele, é sim possível tatuar perto da área e sobre a mesma. Entretanto, há certos cuidados a ter para obter um resultado harmonioso, tal como o enquadramento do design, assim como a linguagem e formas utilizadas. É preciso saber lidar com o formato da cicatriz, formando linhas, formas e elementos que harmonizam com ela.

Se você pretende cobrir uma cicatriz com uma tatuagem, pense bem no design, fazendo com que seja um complemento, e não distorça ou se torne uma distração. Deverá também esperar que a sua cicatriz tenha mais de 12 meses. Escolha um artista experiente na área, de preferência que já tenha trabalhado anteriormente em tecido cicatrizado. Será imperativo um tratamento pós-tatuagem correto, com a pomada recomendada pelo tatuador, proteção da luz solar, higiene e restantes recomendações que o mesmo considere necessárias.

Na Arttu nós podemos te ajudar a cobrir cicatrizes. Encontramos o tatuador compatível com a sua necessidade, com toda segurança e rapidez que você espera. Entre em contato pelo formulário e vamos conversar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *